Nossa História



Após a devastação causada pela Segunda Guerra Mundial, muitos se empenharam para promover ideias e ações para restaurar e manter a paz. A UNESCO ganhou destaque ao sugerir a criação de uma organização educacional para a paz, envolvendo pós-graduados de diversas disciplinas.

A psicóloga Doris Allen, especializada em crescimento e desenvolvimento infantil, aderiu ao projeto, porém discordou do projeto ser voltado para trabalhar com adultos, pois acreditava que a partir da criação de de oportunidades para que crianças de diversos países se juntassem para aprender sobre outras culturas e fazer amizades, estas crianças poderiam ser embaixadoras de um mundo mais justo e pacífico.

Em 1946, foi criado o Children’s International Summer Village e no ano de 1950, o CISV foi registrado como uma organização sem fins lucrativos em Ohio. Em 1951 foi realizado o primeiro Village, na cidade de Cincinnati, com crianças da Austria, Inglaterra, Alemanha, Dinamarca, França, México, Noruega, Estados Unidos e Suécia. Em 1979, Doris Allen foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz, mas quem o recebeu foi Madre Teresa de Calcutá

Atualmente a sigla perdeu o significado de quando foi criada, se tornando apenas o nome da organização. Este fato ocorreu pois no decorrer dos anos, o CISV desenvolveu outras atividades e programas além do Village, apesar deste ainda ser o pontapé inicial no processo. O CISV se encontra atualmente em mais de 60 países, contando com mais de 50.000 voluntários ativos em todo o mundo e atingindo mais de 280.000 pessoas com programas internacionais.